Testes de diagnóstico
Testes de imunidade

COVID-19

Saiba tudo sobre esta epidemia, como prevenir e os testes de diagnóstico e imunidade disponíveis.

O que é o COVID-19?

A COVID-19 é causada pelo novo vírus SARS-CoV2, identificado em Wuhan (China) e com origem provável numa fonte animal. Transmite-se entre pessoas, principalmente através de gotículas respiratórias, e tem um período médio de incubação de 14 dias após a exposição ou contato com alguém infetado.

Os doentes com COVID-19 têm evidenciado doença respiratória média a grave, com sintomas de febre, tosse e/ou dificuldades respiratórias. Muitos apresentam também pneumonia em ambos os pulmões. De acordo com os casos descritos, a mortalidade tem estado associada a idade avançada e a co-morbilidades. Existem portadores assintomáticos do vírus na orofaringe que o podem transmitir sem ter manifestações da doença

Ainda não existe vacina para a COVID-19, pelo que a melhor forma de prevenir a infeção é evitar a exposição através da adoção de medidas diárias simples:

  • Lavar frequentemente as mãos, com água e sabão, esfregando-as bem durante, pelo menos 20 segundos. Se não tiver disponível sabão e água, utilizar um desinfetante à base de álcool que contenha um mínimo de 60% álcool;
  • Reforçar a lavagem das mãos antes e após a preparação de alimentos ou refeições, após utilização da casa de banho e sempre que as mãos estiverem sujas;
  • Usar lenços de papel (utilização única) para assoar. Deitar os lenços usados num caixote do lixo, e lavar as mãos de seguida;
  • Tossir ou espirrar para o braço com o cotovelo fletido, e não para as mãos;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos sujas ou contaminadas com secreções respiratórias;
  • Evitar o contacto próximo com pessoas doentes;
  • Manter o distanciamento social;
  • Muitas autoridades de saúde propõem o uso de máscaras em locais públicos.
Testes de Diagnóstico COVID-19

A SYNLAB efetua o teste de diagnóstico COVID-19 por PCR em tempo real. Esta é a única metodologia aprovada pela Direção Geral de Saúde para diagnóstico da infeção pelo novo Coronavírus, pois é a que apresenta maior sensibilidade e especificidade (maior taxa de deteção e menor taxa de falsos resultados). Estes testes estão indicados para pessoas com sintomas de COVID-19 e /ou que contactaram com casos confirmados de COVID-19.

Para realizar este teste, é necessária requisição médica e marcação obrigatória. É realizada a colheita nasal profunda com a introdução de uma zaragatoa no nariz do utente. Podem também ser efetuados exsudados nasofaríngeos. Os resultados são enviados em 24 a 72 horas (dias úteis) após a colheita. Consulte aqui os locais disponíveis.

Estão atualmente disponíveis outros testes laboratoriais para abordagem a casos de COVID-19, que ainda aguardam validação das Autoridades da Saúde: teste de deteção de antigénio, teste qualitativo de deteção de anticorpos (os Testes Rápidos) e teste quantitativo serológico de doseamento de anticorpos específicos IgM, IgA e IgG (os Testes de Imunidade).

Testes de Imunidade à COVID-19

A SYNLAB efetua o teste serológico de doseamento de anticorpos em qualquer unidade SYNLAB em funcionamento, sem prescrição médica. A colheita é efetuada através de uma simples e rápida análise de sangue e não necessita de jejum. Os resultados são enviados em 24 a 72h (dias úteis). Consulte a nossa rede de unidades ou agende aqui a sua análise ao domicílio.

Os testes de Imunidade permitem identificar doentes infetados, em média, 7 dias após o contágio. Não estão recomendados como teste de diagnóstico de novos casos na fase aguda/precoce, por ausência da produção de anticorpos. Estão indicados no seguimento da resposta imunológica durante e após a infeção por COVID-19:

  • podendo ser a única forma de identificar pessoas que foram infetados, sem terem tido manifestações clínicas da doença,
  • podem identificar as pessoas com imunidade a esta nova doença.

Estes testes estão indicados para:

  • Pessoas que tiveram COVID-19 (confirmado por PCR) para avaliar a resposta imunológica;
  • Pessoas que contactaram casos confirmados para avaliação da eventual resposta imunológica;
  • Pessoas que tiveram sintomatologia associada à COVID-19 e não fizeram o teste PCR;
  • Profissionais de saúde;
  • Estudos populacionais para conhecer a prevalência de anticorpos na população, e avaliar o seu nível de imunidade.
Queremos garantir que desfrute de navegar no nosso website e que tenha uma experiência eficaz. Como tal, este website coloca « cookies » no seu computador de forma a recolher informação sobre a sua utilização do website. por favor clique no botão « OK » para consentir na utilização de cookies neste website.

Consulte a nossa Declaração de Privacidade de Dados e a nossa Política de Cookies para mais detalhes sobre o seu funcionamento.